Projeto de climatização: como escolher o melhor ar-condicionado para cada ambiente

6 minutos para ler

Compor um bom projeto de climatização exige mais do que conhecer as necessidades específicas de um cliente. É preciso atentar às particularidades de cada ambiente, atualizar-se em relação às principais tendências do momento e, é claro, entregar o prometido no projeto final.

Cada espaço tem uma demanda de climatização diferente. A identificação dela depende, em geral, de três etapas: análise preliminar, projeto básico e projeto executivo. Ao compreender como atua cada uma delas, você tem mais facilidade para escolher o ar-condicionado ideal para quartos, escritórios, salas e outros ambientes.

Se você deseja entender mais sobre projeto de climatização e aprender dicas para escolher o equipamento ideal, continue lendo!

O que é um projeto de climatização?

Antes de entrarmos em detalhes sobre o sistema de ventilação mais adequado para cada ambiente, vamos falar sobre o projeto de climatização em si. Ele é um investimento e prioriza o conforto e o bem-estar do cliente. Porém, além disso, ele visa a minimização de custos e o seguimento de todas as normas técnicas necessárias. Em geral, ele se divide em três partes.

Análise preliminar

Na fase de análise preliminar, o arquiteto faz a primeira observação em relação à infraestrutura e à preparação para instalar o ar-condicionado. Nesse momento, o aparelho físico ainda não é tão importante. São analisados os possíveis posicionamentos e a iluminação solar no espaço, entre outros aspectos.

Projeto básico

O projeto básico já começa a levar em conta as especificidades do ar-condicionado. Com todos os detalhes sobre o ambiente em mãos, é hora de definir como obter a climatização ideal para ele. Uma vez que não é tão simples conhecer todos os modelos e opções disponíveis no mercado, a ajuda profissional pode ser muito bem-vinda.

Projeto executivo

Esse é o projeto final. É ele que adicionará cada detalhe em seu devido lugar e garantirá que cada espaço seja aproveitado da melhor maneira possível. Nesse momento, o arquiteto consolida sua capacidade de otimizar espaços por meio de uma projeção voltada especialmente para as demandas de seu cliente. Tudo é calculado — desde as janelas até a climatização ideal.

Conhecer as fases de um projeto de climatização ajuda você a entendê-lo com mais facilidade. Porém, conforme dissemos, não é possível obter o sucesso desejado sem saber como escolher o melhor equipamento para trazer o conforto e a qualidade que o cliente busca.

Por isso, as dicas para escolher o melhor ar-condicionado de modo a garantir bons resultados foram listadas a seguir. Confira!

Quais são as dicas para escolher o melhor ar-condicionado para seus projetos?

Há muito o que fazer durante a execução de um bom projeto de climatização. Por isso, é preciso acessar as recomendações certas para evitar gargalos durante esse processo. Abaixo, trouxemos sugestões que, certamente, facilitarão seu trabalho.

Contrate um bom profissional

Um bom profissional, que seja especialista na instalação de ar-condicionado, pode ser seu braço direito durante um projeto de climatização. Além de ter experiência na área, é importante que ele:

  • garanta uma resposta rápida;
  • ofereça garantia e manutenção, se necessário;
  • tenha cuidado com os acabamentos e a finalização do espaço durante a instalação;
  • comprove sua capacitação e a qualidade de seus serviços;
  • trabalhe com todos os EPIs necessários e profissionalismo.

Forneça todos os documentos de referência

É essencial respeitar as normas técnicas relacionadas a projetos de climatização. A ABNT — Associação Brasileira de Normas Técnicas — conta com a NBR 16655-1/2/3, que regula a instalação de sistemas residenciais de ar-condicionado.

Quando for validar seu projeto, não se esqueça de segui-la e fornecer todos os documentos de referência que amparem sua escolha profissional. O especialista escolhido para auxiliá-lo pode apresentá-los a você.

Entenda o uso de cada ambiente

Cada ambiente de uma casa, escritório ou empresa tem uma função. Consultar o seu cliente para compreendê-la faz toda a diferença na definição das particularidades do projeto. Entenda o uso de cada espaço e questione o que é buscado por parte do contratante. Em seguida, aplique seus conhecimentos para encontrar a solução ideal.

Defina a tecnologia a ser utilizada

O uso da tecnologia certa provoca efeitos consideráveis no consumo de energia e nos resultados da climatização de um ambiente. Dois exemplos que podem ajudar você a compreender a importância dessa escolha são:

  • convencional — geralmente tem um custo mais baixo, mas não foca a economia de energia;
  • inverter — utiliza um compressor a fim de controlar o fluxo de energia do sistema.

A tecnologia inverter costuma ter preços um pouco mais elevados, mas é uma excelente solução para quem busca economia em longo prazo. O tipo ideal depende do cliente em questão e suas demandas. Por isso, fique de olho nas opções e cruze-as com as necessidades de cada espaço a ser climatizado.

Conheça os diferentes tipos de aparelhos

É muito provável que você, como arquiteto, não tenha conhecimento sobre todos os modelos e tipos de aparelhos disponíveis. Eles são variados e atendem a necessidades específicas. Entretanto, ao conhecer os principais produtos encontrados no mercado, a escolha do ar-condicionado ideal para seu projeto se tornará mais simples. Confira alguns:

  • split — é dividido em duas unidades, sendo uma condensadora e outra evaporadora;
  • cassete — distribui o ar por meio de quatro saídas diferentes e é comumente posicionado no teto;
  • de parede — esse é o modelo mais popular e versátil;
  • portátil — não requer instalação e acompanha o cliente onde ele desejar;
  • multi split — permite a climatização de até oito ambientes diferentes sem a necessidade de outras unidades.

Um projeto de climatização passa por algumas fases e é importante contar com as melhores sugestões para garantir sucesso em todas elas. Por meio do amparo da empresa certa, você poderá levar os melhores resultados, conforto e bem-estar para seus clientes independentemente de suas necessidades.

Se você gostou de receber dicas para escolher o melhor ar-condicionado para cada ambiente, não deixe de assinar nossa newsletter. Assim, sempre terá em mãos as melhores recomendações para otimizar a qualidade de seus projetos!

Você também pode gostar